“A biblioteca é de todos”, destaca coordenadora do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas

Durante bate-papo promovido pela Conferência Nacional dos Municípios, Ana Maria da Costa defende que o papel das bibliotecas vai muito além de emprestar livros e servir de local de leitura e estudo

publicado: 05/07/2019 18h36,
última modificação: 08/07/2019 10h14

Organizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o programa Bate-papo desta sexta-feira (5) teve como tema as bibliotecas públicas. Para o debate, foram convidadas a coordenadora do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP) do Departamento de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) do Ministério da Cidadania, Ana Maria da Costa, e a técnica de Cultura da CNM, Ana Clarissa de Souza. As convidadas puderam falar sobre o papel das bibliotecas e suas amplas possibilidades de trazer conhecimento e desenvolvimento social para os municípios. Confira a íntegra abaixo:

Segundo Ana Maria, as bibliotecas públicas oferecem um leque de serviços diversificados. “Os municípios podem aproveitar um espaço que é bem visto pela população para fazer uma série de ações, de saúde, de formação, de inserção no mercado de trabalho”, completou. Ela também falou sobre a necessidade de os municípios elaborarem planejamentos para a área de livro e leitura, com a finalidade de auxiliar no desenvolvimento da comunidade.

Boas práticas

Para ilustrar o quanto pode ser feito pelas bibliotecas, Ana Clarissa citou alguns projetos que são reconhecidos como boas práticas nesta área. Um deles é da biblioteca de Juína, em Mato Grosso, que, em 2017, criou o programa “Arte, Cultura e Leitura, Uma Bela Mistura”. Por meio de uma pequena biblioteca itinerante, a iniciativa promove atividades relacionadas à leitura para o público infantil e juvenil, em eventos da prefeitura, como a Festa Leiteira e a Festa do Peixe, entre outros.

Para Ana Maria, a biblioteca não precisa se limitar a seu espaço físico. “Eu já nem chamo mais a biblioteca de equipamento cultural, mas de instituição cultural, tamanhas são as possibilidades que ela tem de atuar para além do seu espaço físico, criando projetos que cheguem até a comunidade, inclusive, a que não a frequenta”, concluiu.

Durante a semana, o portal da CNM publicou uma série de matérias contando casos de projetos de sucesso realizados por bibliotecas municipais de todo o País. As reportagens estão disponíveis neste link.

Acesse o site do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas para saber mais sobre as políticas do setor.

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura
Ministério da Cidadania