Agenda do Ministro

publicado: 26/03/2013 20h49,
última modificação: 30/01/2019 15h39

Gil encontra-se em Salvador, onde inaugura projeto Som e Luz, no Pelourinho. Nesta terça-feira, dia 14 de dezembro, o ministro Gilberto Gil cumpre agenda em Salvador. Ele participa da inauguração do projeto Som e Luz Salvador, na Igreja da Ordem Primeira de São Francisco, no Pelourinho, e comparece ao Fórum Nacional de Museus.

    O evento no Centro Histórico de Salvador está marcado para começar ao entardecer, por tratar-se de um espetáculo que irá transformar a arquitetura do local com efeitos especiais de luzes. A iniciativa é fruto de uma parceria entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Eletrobras e a Fundação Roberto Marinho.

    À noite, durante o Fórum, será realizada uma solenidade em homenagem ao ministro Gilberto Gil. Ele será agraciado com a Ordem do Mérito Museológico, condecoração concedida pelo Conselho Federal de Museologia. Leia mais sobre o Fórum Nacional de Museus.

Agenda no Rio

    No dia anterior (segunda-feira), o ministro da Cultura teve um dia dedicado ao Samba, no Rio de Janeiro. Gil iniciou uma série de visitas de trabalho às escolas de Samba cariocas. Nesta primeira fase, visitou a Portela, o Império Serrano e a Estação Primeira Mangueira. Em janeiro do ano que vem, o ministro visitará as outras escolas do Primeiro Grupo.

    Ele almoçou na sede da Portela, quando foi recebido pela Velha Guarda e ouviu o samba-enredo Os Oito Objetivos do Milênio, que marcará o compasso da escola na Sapucaí em 2005. Na oportunidade, Gil disse ao presidente da Portela, Nilo Figueiredo, que passará o Carnaval no Rio. "Com Kofi Annan ou sem Kofi Annan eu venho passar o Carnaval aqui", garantiu o ministro. Ainda na Portela, prometeu implantar um Ponto de Cultura naquela comunidade, no próximo ano.

    Assim que saiu da Portela, o ministro da Cultura dirigiu-se ao Império Serrano, onde foi recebido por sua presidente Neide Coimbra, que aproveitou para reivindicar do governo a construção de uma vila olímpica em um terreno que fica ao lado da escola. Gil garantiu que encaminhará a proposta ao ministro dos Esportes, Agnelo Queiroz.

    Em seguida, Gilberto Gil foi para a Mangueira e lá também foi recebido pela Velha Guarda da escola. No comitê de frente que o recepcionou estavam Wilson das Neves e Arlindo Cruz, dentre outras autoridades do Samba carioca. Na ocasião, conheceu o projeto do Centro Cultural Mangueira.

    Em todas as agremiações em que esteve, o ministro foi recebido com muita alegria e emoção. Ele retribuiu cantando e sambando com os componentes das escolas, no ritmo de suas tradicionais Baterias Nota 10.

(Comunicação Social/MinC)