ARTE INCLUSIVA

Artistas desenvolvem projetos para público das Estações Cidadania

Parceria entre o Ministério da Cidadania e a Funarte, em 18 municípios, beneficia população nas cinco regiões do país

publicado: 31/01/2020 20h24,
última modificação: 28/02/2020 14h39
Foto: Clarice Castro

Uma parceria entre o Ministério da Cidadania e a Fundação Nacional de Artes (Funarte) selecionou artistas para desempenhar uma série de projetos e oficinas culturais em 18 Estações Cidadania de todo o país. Por meio de um processo seletivo, a Bolsa Funarte de Residências Artísticas 2019, foram contempladas as áreas de dança, teatro, música, circo e artes visuais. A residência de cada artista será de três meses. O valor total das bolsas chega a R$ 360 mil – R$ 20 mil para cada – recurso oriundo do orçamento da Funarte. “O projeto contribui com a formação do artista”, afirmou a chefe da Divisão de Projetos do Centro de Programas Integrados da Funarte, Letícia Jaber.

A expectativa é que o trabalho também resulte em inclusão social por meio das artes, já que todas as Estações Cidadania contempladas estão localizadas em área de risco e vulnerabilidade social. “Muitos dos projetos oferecem oficinas. Então, a experiência artística será levada à comunidade e queremos que a população se aproprie e replique o trabalho”, acrescentou Letícia.

As atividades devem durar até abril. Um novo edital deverá ser lançado ainda este ano. “Acreditamos que este projeto é muito positivo. Vamos avaliar os resultados e pretendemos lançar novamente um edital em 2020”, adiantou.

Saiba mais

O edital Bolsa Funarte de Residências Artísticas nas Estações Cidadania foi lançado em 2019. As bolsas são parte do programa Funarte Cidadã, um conjunto de ações para o desenvolvimento municipal com o serviço ao cidadão e a inclusão social por meio das artes. O objetivo principal da iniciativa é descentralizar das grandes cidades os recursos federais para a arte e difundi-la em todas as regiões do país, melhorando as condições de cidadania da população e incentivando as economias locais.

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura