Internacional

Brasil e Kuwait debatem criação de comissão para assuntos da Cultura

Instância para tratar de projetos e parcerias bilaterais no setor cultural já estava prevista em acordo bilateral assinado em 2005

publicado: 26/11/2019 19h27,
última modificação: 04/12/2019 15h51
Secretário Roberto Alvim recebe o embaixador do Kuwait, Nasser Almotairi. Foto: Ronaldo Caldas/Ministério da Cidadania

Estratégias para aproximar culturalmente o Brasil e o Kuwait. Essa foi o tema de reunião entre o secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, e o embaixador do país asiático no Brasil, Nasser Almotairi, na tarde desta terça-feira (26). Como resultado do encontro, foi acordada a criação de uma Comissão Mista para tratar de assuntos culturais com enfoque bilateral. Essa instância já estava prevista no Acordo de Cooperação Cultural entre o Governo do Brasil e o Governo do Estado do Kuwait, assinado em 2005.

Segundo o secretário Alvim, há muitas possibilidades de aproximação na área cultural entre os dois países. “Brasil e Kuwait têm muitas possibilidades de cooperação em termos de cultura e precisamos impulsioná-las. Não podemos passar mais um ano sem que haja uma parceria concreta, sem estabelecermos projetos comuns”, destacou.

Semana Cultural do Kuwait

Durante a reunião, o secretário Alvim foi convidado a participar das atividades da Semana do Kuwait no Brasil, organizada pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira, no início de dezembro, em São Paulo. Segundo o embaixador Almotairi, o evento tem um significado especial, já que celebra os 51 anos de relações diplomáticas entre os dois países. Além de exposições de artes visuais, também haverá apresentações de grupos musicais e outras atividades, que mostrarão um pouco mais sobre a cultura deste país do Oriente Médio para a população brasileira.

Modelo de cooperação cultural

O Kuwait faz parte do Conselho de Cooperação dos Estados Árabes do Golfo, organização de integração econômica que reúne outros cinco países do Golfo Pérsico: Omã, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Catar e Barein. Segundo o embaixador, os demais integrantes do Conselho esperam a progressão da parceria com o Brasil para também iniciar a cooperação cultural com nosso País.

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura