Patrimônio

Casa de Rui Barbosa abre inscrições para mestrado em Memória e Acervos

Serão selecionados 16 estudantes, que desenvolverão projetos nas áreas de acervos públicos e privados. Inscrições vão até 27 de agosto

publicado: 08/08/2019 19h28,
última modificação: 09/08/2019 16h55

A Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB), instituição vinculada ao Ministério da Cidadania, está com inscrições abertas até 27 de agosto para o processo seletivo do curso de mestrado profissional em Memória e Acervos. Serão selecionados até 16 estudantes, que poderão desenvolver projetos em duas linhas de pesquisa: patrimônio documental – representação, gerenciamento e preservação de espaços de memória; e práticas críticas em acervos – difusão, acesso, uso e apropriação do patrimônio documental material e imaterial.

O curso de mestrado em Memória e Acervos já formou 50 estudantes com graduação em diversas áreas, como História, Comunicação Social e Administração. Para o coordenador do Programa de Pós-Graduação em Memória e Acervos da FCRB, Fábio Kerche, a crescente procura é resultado da qualificação do curso de mestrado e da preocupação com a memória e o acervo brasileiros.

“O mestrado em Memória e Acervos traz aos alunos, além da reflexão intelectual, o estimulo para que esses conhecimentos, com todo rigor acadêmico, sejam aplicados em instituições públicas e privadas. Os estudantes adquirem a compreensão de pensar e discutir a memória e o acervo brasileiros, que são riquíssimos”, afirma Kerche.

O curso é gratuito e as aulas começam março de 2020. As inscrições podem ser feitas neste link. Para mais informações, acesse o edital.

Sobre a Fundação Casa de Rui Barbosa

Localizada no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro, a Fundação Casa de Rui Barbosa é uma instituição pública federal, vinculada ao Ministério da Cidadania, que oferece um espaço reservado ao trabalho intelectual, à consulta de livros e documentos e à preservação da memória nacional.

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura
Ministério da Cidadania