Patrimônio

Iphan 82 anos: um convite a compartilhar o Patrimônio Cultural

Nessas mais de oito décadas, a instituição cresceu, evoluiu e amadureceu em meio a inúmeros desafios, mantendo como foco principal a missão de preservar o Patrimônio Cultural Brasileiro

publicado: 15/01/2019 11h41,
última modificação: 15/01/2019 11h42

As histórias que nos contam sobre nossos pais e avós. Os costumes e ofícios que ensinamos aos nossos filhos. Os lugares e monumentos que construíram a nossa identidade. Os modos de criar e as formas de expressão que deixamos como legado. É esse Patrimônio Cultural que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) vem convidar cada um dos brasileiros a compartilhar, desfrutar e preservar.

Neste domingo, 13 de janeiro de 2019, a instituição comemorou seus 82 anos, celebrando as conquistas e desafios vividos ao longo dessas décadas e chamando toda a população para festejar e valorizar o Patrimônio Cultural enquanto riqueza que faz do Brasil um país tão singular.

Ao comemorar 82 anos de trabalho, a instituição se propõe a continuar com o propósito de identificar, reconhecer e valorizar o conjunto dos bens culturais do país, com o desafio de, cada vez mais, dialogar com os gestores e a sociedade civil, incentivar o turismo e apoiar o desenvolvimento das cidades históricas brasileiras, tendo como meta fundamental, o futuro.

Uma jornada e uma missão

Em 13 de janeiro de 1937, criou-se, por meio da Lei nº 378, o Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, estrutura ligada ao Ministério da Educação e Saúde Pública do Governo Vargas. Desde então, a data ficou registrada como a marca de nascimento do que hoje é o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Nessas mais de oito décadas, a instituição cresceu, evoluiu e amadureceu em meio a inúmeros desafios, mantendo como foco principal a missão de preservar o Patrimônio Cultural Brasileiro, com seus ofícios, artes, edificações, costumes e tradições, que formam a rica identidade brasileira. A autarquia, atualmente vinculada ao Ministério da Cidadania, está presente hoje em todos os estados e no Distrito Federal, em um trabalho que abrange patrimônio material, imaterial, ferroviário, arqueológico, documental e toda uma diversidade que reflete a história da formação do povo brasileiro e sua produção artística e cultural.

Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)
Ministério da Cidadania