Economia Criativa

Mercado Audiovisual do Nordeste tem inscrições abertas até o dia 2 de junho

O evento é uma oportunidade para produtores apresentarem seus projetos e viabilizarem contratos

publicado: 28/05/2019 17h53,
última modificação: 28/05/2019 17h54
Evento abre espaço para produtores e realizadores participarem de rodadas de negócios sobre os projetos audiovisuais (Foto: Divulgação)

O 4º Mercado Audiovisual do Nordeste (MAN), que acontece em Fortaleza de 25 a 28 de junho de 2019, está com inscrições abertas para produtoras e realizadores interessados em participar das rodadas de negócios. Os interessados podem inscrever até três projetos sendo que, dois deles também podem ser inscritos para os Pitchings abertos e um para o Encontro Ibero-americano de Coprodução.

A participação das empresas produtoras e realizadores no 4º MAN é uma oportunidade de apresentar diversos projetos audiovisuais de uma única vez para representantes de vários canais ou plataformas de exibição online, e de viabilizar contratos nas Rodadas de Negócios e no Encontro Ibero-americano de Coprodução. A curadoria é de Alfredo Manevy, ex-presidente da Spcine e ex-Secretário Executivo do então Ministério da Cultura.
Estão confirmados os players: Canal Brasil, GloboNews, Arte 1, Globo Filmes, Canal Curta, TV Record, Boutique Filmes, NBC Universal, Elo Company, Giros, 44 Toons, Bananeira Filmes, Moonshot Pictures e Glaz, que tem entre suas realizações o filme Cine Holliúdy 2. Outros players ainda estão confirmando presença.

Os interessados podem inscrever até três projetos para o evento, por meio do site www.mercadoaudiovisual.com.br.

O 4º MAN é apresentado pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania e pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), que patrocina o evento junto ao Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e à Agência Nacional do Cinema (Ancine), vinculada ao Ministério. É realizado pela Bucanero Filmes com apoio institucional da Agência de Desenvolvimento do Ceará (ADECE), da Câmara Setorial Audiovisual (CSA) e da Universidade Federal do Ceará através da Casa Amarela Eusélio Oliveira. E conta com parceria da Brasil Audiovisual Independente (BRAVI).

Assessoria de Comunicação
Agência Nacional do Cinema (Ancine)
Ministério da Cidadania