Preservação

Ministério articula ações para fortalecer patrimônio histórico do RS

Secretário Especial da Cultura, Henrique Pires, visitou pontos e prédios históricos dos municípios de Pelotas e Pedro Osório, na região sul do estado

publicado: 22/06/2019 20h19,
última modificação: 24/06/2019 15h18
Integrante da Banda Musical do Colégio Gonzaga mostra acervo de instrumentos do grupo ao secretário especial da Cultura, Henrique Pires (Fotos: Clarice Castro / Ascom Ministério da Cidadania)

Um olhar de valorização à história e à cultura do extremo sul do Rio Grande do Sul. O secretário Especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Pires, reuniu-se com autoridades e lideranças da sociedade civil da região sul do Rio Grande do Sul, quando discutiu ações para a valorização do patrimônio histórico gaúcho.

No sábado (22), Pires esteve com integrantes da tradicional Banda Musical do Colégio Gonzaga, que com desempenho vitorioso em campeonatos nacionais de bandas elevou o nome da cidade de Pelotas e do Rio Grande do Sul, na década de 1970. Nascido Banda Marcial, em 1958, o conjunto é formado majoritariamente por veteranos da instituição, que tentam reerguer a banda.

Eles buscam recursos para renovação de uniformes e instrumentos musicais, principalmente os de sopro. “O Colégio Gonzaga é um marco na cultura do Rio Grande do Sul. Com base nos pedidos da banda, encaminharemos documentação e verificaremos de que forma podemos ajudá-los e contribuir com a cultura local”, pontuou Pires.

Tradição rural

O secretário também esteve reunido com membros da Associação Rural de Pelotas. A instituição, que completa 121 anos, busca revitalização de nove galpões comprometidos pelo tempo. Segundo a presidente da Associação Rural, Carolina Peró Osório, um dos galpões não está em funcionamento, pois a estrutura não está segura. “É de extrema importância que possamos continuar com o nosso parque em segurança, pela tradição e pelo patrimônio da cidade”, ressaltou.

O parque de exposições da Associação Rural de Pelotas é denominado Parque de Exposições Doutor Ildefonso Simões Lopes, em homenagem ao pelotense filho do Visconde da Graça, e que foi ministro da Agricultura durante o governo de Epitácio Pessoa. Atualmente, feiras comerciais e industriais ocorrem regularmente no local.

“Foi um lugar de discussão de novas técnicas, variedades e tecnologias aplicadas ao meio rural. O parque permitiu, assim, a expansão da agricultura não somente em Pelotas, mas em todo o Brasil. É um marco na história da agricultura do Rio Grande do Sul”, afirmou o secretário Especial da Cultura, durante a reunião. Ele avaliará formas de auxiliar na demanda do grupo, que busca pelos ajustes preservando a estrutura arquitetônica do parque.

Patrimônio ferroviário

Em Pedro Osório, na sexta-feira (21), Henrique Pires participou da inauguração da biblioteca municipal e visitou a casa em que Duque de Caxias morou durante a Revolução Farroupilha e o Centro de Arte e Cultura Pasquale Marchese. Além disso, foi até o antigo pavilhão da via férrea, patrimônio Ferroviário do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), acompanhado pelo prefeito Moacir Otílio Alves.

A linha, que passava nas duas estações da cidade, foi construída em diversas fases e contou com a participação de empresas como a Southern Brazilian R. G. do Sul Ry. Co. Ltd., a Cie. Auxiliaire des Chemins de Fer au Brésil e a V. F. Rio Grande do Sul, entre outras. Atualmente, a linha e as estações encontram-se desativadas.

“Um prédio que está precisando de grande intervenção é a sede da cooperativa dos funcionários da viação férrea. A prefeitura pretende revitalizar e transformá-la em teatro e cinema, uma vez que o município não possui nenhum. É possível conseguirmos inserir Pedro Osório em algum programa de recuperação”, avaliou Pires.

Segundo o prefeito, com o auxílio e conhecimento técnico do secretário será possível abastecer a cultura local. “Somos muito agradecidos a tudo que Henrique Pires faz por nós. Temos certeza que nos ajudará a melhorar a situação de Pedro Osório”, destacou.

Homenagem

Henrique Pires (à esq) é homenageado em Pedro Osório

Reconhecimento oficializado durante a visita do secretário Especial da Cultura do Ministério da Cidadania: a prefeitura descerrou placa, no saguão do prédio, em homenagem ao trabalho de Henrique Pires, que é natural de Pedro Osório.

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura
Ministério da Cidadania