Patrimônio

Ministro da Cidadania visita Sítio Arqueológico de São Miguel das Missões (RS)

Junto com o ministro do Turismo, Osmar Terra participou da celebração dos 31 anos de emancipação da região

publicado: 27/04/2019 10h58,
última modificação: 27/04/2019 10h59
Sítio Arqueológico de São Miguel as Missões celebra 31 anos de emancipação. Foto: Clarice Castro / Ministério da Cidadania

Sâo Miguel das Missões – O ministro da Cidadania, Osmar Terra, esteve em São Miguel das Missões, região noroeste do Rio Grande do Sul, ao lado do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Nessa sexta-feira (26), os ministros visitaram o Sítio Arqueológico do município, que está celebrando 31 anos de emancipação. Lá, eles acompanharam a tradicional encenação que relata a luta dos povos jesuítas. O sítio arqueológico, conhecido por Ruínas de São Miguel, é Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, salientou a importância da valorização cultural e histórica da região das missões. “Junto às lideranças locais, queremos que o ministro do Turismo saia daqui com a melhor das impressões para que nós possamos avançar na iniciativa. Certamente, iniciamos uma nova fase para os nossos projetos culturais.”

Marcelo Álvaro Antônio enfatizou o potencial da chamada região missioneira, especialmente para o turismo religioso. ”A visita foi muito importante, conhecer as maravilhas da região, uma história que empolga e emociona. Por meio dessa união com o Ministério da Cidadania, sobretudo com a Cultura e o Iphan, nós vamos conseguir trazer um resultado muito bom”, disse. 

Ministro Osmar Terra, durante a visita ao sítio arqueológico. Foto: Clarice Castro / Ministério da Cidadania

O objetivo, segundo o chefe da pasta do Turismo, é criar um produto para ser vendido em feiras internacionais, atraindo visitantes chineses, australianos e japoneses para conhecerem a cultura gaúcha. “Estive hoje em uma reunião com o Mercosul, onde assinamos uma rota integrada, unindo os 30 povos – do Paraguai, da Argentina e do Brasil –, e vamos fazer a segunda maior rota do turismo religioso do mundo”, relatou.

O presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Miguel Proença, também participou da visita, que incluiu ainda o Festival Internacional de Balonismo. O evento  vai até este domingo e faz parte das celebrações dos 31 anos de emancipação de São Miguel. 

*Por Renata Garcia.

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 7072003

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania