Patrimônio

Museus brasileiros apresentam aumento no número de visitantes

Visitações chegaram a 31% a mais no primeiro semestre de 2019, em relação ao mesmo período do ano anterior

publicado: 15/08/2019 19h33,
última modificação: 15/08/2019 19h33
Interior do Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro (RJ). Foto: Divulgação

Os brasileiros estão indo mais aos museus. Dados fornecidos pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), autarquia vinculada ao Ministério da Cidadania, mostram que, no primeiro semestre deste ano, houve aumento de 31% na visitação dos museus vinculados à instituição, em comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo o presidente do Ibram, Paulo Amaral, o Brasil tem liderado rankings mundiais de exposições mais visitadas.

“Nós estamos percebendo que o brasileiro tem se interessado mais pelos museus. No ranking anual da revista britânica The Art Newspaper, exposições brasileiras estão entre as mais visitadas desde 2011, quando o Brasil ocupou o primeiro lugar com o “O Mundo Mágico de Escher”, que reuniu a reprodução de 95 obras do artista gráfico holandês Maurits Cornelis Escher. Já no ranking 2018, o Brasil teve 64 exposições entre as mais visitadas, ocupando a 11ª colocação mundial”, comentou o presidente.

Quadro comparativo com número total de público nos quatro museus mais visitados do Ibram

Nome do MuseuUF1º Semestre 2018 1º Semestre 2019 
Museu da InconfidênciaMG64.89796.709
Museu da RepúblicaRJ58.800105.923
Museu ImperialRJ159.043183.661
Museu Nacional de Belas Artes7RJ30.99463.916

Sucesso em visitações

O Museu da Inconfidência, em Ouro Preto, Minas Gerais recebeu cerca de 30 mil visitantes a mais nos primeiros seis meses deste ano, em comparação ao primeiro semestre de 2018. Para a diretora interina do Museu da Inconfidência, Margareth Monteiro, o fomento ao turismo nacional é um dos fatores que explicam essa tendência.

“Nós temos percebido que o aumento no número de visitantes tem sido uma tendência geral. Dentre as principais causas, podemos citar o incentivo ao turismo nacional, com publicidades nas redes de TV chamando para as atrações turísticas nos estados”, comenta a diretora interina.

Ela ainda destaca a influência das mídias sociais, por meio das quais as obras dos museus têm sido cada vez mais divulgadas. A direção do museu também tem implementado ações para incentivar o aumento de visitantes. Uma delas foi a criação de programação especial na noite das sextas-feiras, para atrair os turistas que chegam à cidade para passar o fim de semana.

O diretor do Ibram destaca ainda a importância da atuação dos profissionais dos museus. “A museologia está de parabéns, ainda com todas as dificuldades do setor, e nós estamos trabalhando no Ibram para que isso possa ser melhorado ainda mais”, conclui Amaral.

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura
Ministério da Cidadania