POLÍTICAS PÚBLICAS

Osmar Terra inaugura Estação Cidadania em Porto Alegre (RS)

Espaço irá atender 50 mil pessoas com atividades de cultura, esporte e assistência social

publicado: 12/08/2019 20h16,
última modificação: 16/08/2019 19h53
O ministro Osmar Terra destacou a importância social da Estação Cidadania
Foto: Rafael Zart

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, participou, nesta segunda-feira (12), da inauguração da Estação Cidadania no Bairro Restinga, em Porto Alegre (RS). O local vai oferecer programas e atividades culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho e serviços socioassistenciais. Políticas de prevenção à violência e às drogas e ações que promovam a inclusão digital também estão previstas. O espaço contará com quadra coberta de esportes, biblioteca, cineteatro, sala com computadores e uma sala multiuso, com acesso à internet.

Durante a inauguração, o ministro Osmar Terra destacou a importância social dessas estações na geração de oportunidades nas áreas do esporte e da cultura. “É muito importante para a prevenção da violência, para a prevenção da droga e, principalmente, para desenvolver as competências. Está cheio de talento adormecido que, se não tiver um espaço desse, nunca irá despertar”, afirmou.

José Ventura acredita que a iniciativa irá integrar toda a comunidade
Foto: Rafael Zart

O gaúcho José Ventura é morador do bairro Restinga. Ele conta que, há mais de 30 anos, participa de programas sociais voltados a jovens carentes na região. Para ele, a Estação Cidadania irá valorizar o jovem, além de integrar toda a comunidade. “Este é o único equipamento que vai ter dentro da comunidade Restinga Velha, onde eles vão se sentir valorizados, vão se sentir gente. As oficinas que serão oferecidas, todo esse processo, irá favorecer muito a comunidade. Então, isso aqui é um orgulho para nós. ”

De acordo com Osmar Terra, o Ministério da Cidadania pretende continuar investindo no equipamento do bairro Restinga, qualificando o espaço para a descoberta e desenvolvimento de atletas de alto rendimento. “Será um investimento extra de R$ 6 milhões ou R$ 7 milhões, aproximadamente”, informou o ministro.

A Estação Cidadania de Restinga deve beneficiar mais de 50 mil pessoas na região, principalmente crianças e jovens. Além da de Porto Alegre, o Rio Grande do Sul conta com outras cinco estações, localizadas em Charqueadas, Dois Irmãos, Pelotas, Santo Antônio da Patrulha e Caxias do Sul.

Desde o início da atual gestão, 10 Estações Cidadania foram inauguradas nos seguintes municípios: Araçatuba (SP), Arujá (SP), Brumadinho (MG), Canindé (CE), Canoas (RS), Cariacica (ES), Floriano (PI), Ponta Grossa (PR), Porto Alegre (RS) e Tanguá (RJ).

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura
Ministério da Cidadania a