Região Sul

Projetos para centro de terapia assistida e biblioteca pública são apresentados por autoridades de Cachoeirinha (RS)

Os representantes municipais foram recebidos pelo secretário especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Pires, na tarde desta terça-feira (20)

publicado: 20/08/2019 18h54,
última modificação: 20/08/2019 18h54
Foto: Ronaldo Caldas/Ministério da Cidadania

Criar um centro de terapia assistida com animais e uma biblioteca pública para a cidade de Cachoeirinha, no Rio Grande do Sul. Estes foram os projetos que o vereador Manoel D´Ávila, o procurador da Câmara Municipal, Luiz Carlos Oliveira, e o diretor da Associação Ahumas, Selso Biguelini Holkem, apresentaram ao secretário especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Pires, na tarde desta terça-feira (20). Segundo o vereador, a prefeitura do município já dispõe de terreno para a construção de ambas as iniciativas.

O centro de terapia com animais será instalado em uma área que faz fronteira com a fazenda estadual Guajuvira. Atualmente, 36 crianças da região têm acesso à terapia, com auxílio da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), mas a lista de espera já tem mais de mil nomes. Com o novo centro, seria possível oferecer assistência a mais pessoas – a ideia é atender pessoas com deficiência e portadores de síndrome de down e autismo, entre outras.

Os organizadores já fizeram convênio com a Brigada Militar e com o Exército para doação de animais que se aposentam, a partir dos 17 anos – em geral, um cavalo tem entre 23 e 25 anos de vida. Até o momento, o centro já conta com a doação de 4 animais.

Além da finalidade terapêutica, o centro também terá um viveiro para abrigar temporariamente animais silvestres que serão restituídos à natureza, em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O objetivo é convidar crianças das escolas municipais para que possam presenciar a soltura dos animais, conscientizando-as da importância de se preservar o meio ambiente.

Biblioteca Municipal Monteiro Lobato

Situada próximo à Porto Alegre, Canoas e Gravataí, Cachoeirinha tem cerca de 100 mil habitantes. A Biblioteca Municipal Monteiro Lobato é o instrumento cultural mais antigo do município e atende a grande parte da população. Atualmente, ocupa as instalações da Casa do Leite, referência cultural para os moradores da região, que também abriga o acervo histórico municipal. A proposta é construir a nova sede em terreno ao lado do edifício atual, dando uma sede própria e ampliada à biblioteca, com capacidade de atendimento a mais pessoas.

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura
Ministério da Cidadania