Institucional

Secretária Especial da Cultura, Regina Duarte, toma posse nesta quarta-feira.

Secretaria Especial da Cultura sob novo comando.

publicado: 04/03/2020 10h33,
última modificação: 11/03/2020 16h00

Regina Blois Duarte é a nova secretária especial da Cultura. A nomeação da atriz, assinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foi publicada nesta quarta-feira (04.03) no Diário Oficial da União (DOU)

Biografia

Filha de pai militar do Exército e mãe professora de piano, Regina Duarte nasceu em Franca (SP), em 1947. Apaixonados por cultura e pelas artes, os pais incentivaram a criatividade e o amor pelo campo artístico nos cinco filhos.

Regina Duarte, desde criança, gosta das artes cênicas. Promovia, nos fins de semana, ao lado dos irmãos, espetáculos em casa. Havia encenações, interpretações de poesia e música.

Em 1960, iniciou sua carreira artística no Teatro do Estudante de Campinas. Em 1965, começou profissionalmente em Teatro e TV. Por mais de meio século fez apresentações de teatro, interpretou papeis na televisão e no cinema. Convidada pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a Secretaria Especial de Cultura, sentiu-se honrada e motivada a construir pontes e trabalhar na área que sempre atuou e que acredita ser ao lado da Educação a base da construção de saberes em um país.

Teatro

O AUTO DA COMPADECIDA – Ariano Suassuna- 1960
NATAL NA PRAÇA – Henry Ghéon Machado – 1961
A BRUXINHA QUE ERA BOA – Maria Clara Machado (Teatro Amador) -1962
O TEMPO E OS CONWAYS- Priestley – 1964
A MEGERA DOMADA- Shakespeare- 1965
A MEGERA DOMADA- Shakespeare- 1965
BLACK-OUT- Frederick Knott – 1967
ROMEU E JULIETA- Shakespeare- 1968
REVEILLON- Flávio Marcio –1975
CONCERTO N.0 1 PARA PIANO E ORQUESTRA João Ribeiro Chaves – 1976
O SANTO INQUÉRITO- Dias Gomes- 1977
MISS BANANA- Wolf Maya -1986
A VIDA É SONHO – Calderón de La Barca – 1993
HONRA- JOANNA MURRAY-SMITH – 1999/2000/2001
CORAÇÃO BAZAR – JOSÉ POSSI NETO-2004/2005/2006
RAIMUNDA, RAIMUNDA – FRANCISCO PEREIRA DA SILVA – 2012 (atuando e dirigindo)
BEM-VINDO, ESTRANHO – ANGELA CLERKIN – 2013/2014
A VOLTA PARA CASA – Matéi Visniec – DIREÇÃO – 2014 LEITURA
DRAMÁTICA – A VOLTA AO LAR – Harold Pinter – DIREÇÃO 2016

Novelas

A DEUSA VENCIDA-1965
A GRANDE VIAGEM – 1966
MINAS DE PRATA – 1966
O TERCEIRO PECADO- 1967
OS ESTRANHOS
LEGIÃO DOS ESQUECIDOS
O ANJO MARCADO
DEZ VIDAS – 1968
VÉU DE NOIVA- 1969
IRMÃOS CORAGEM- 1970
MINHA DOCE NAMORADA – 1971
SELVA DE PEDRA- 1972
CARINHOSO- 1973
FOGO SOBRE TERRA -1974
DESPEDIDA DE CASADO – 1976
NINA – 1977
O SÉTIMO SENTIDO- 1982
ROQUE SANTEIRO- 1985
VALE TUDO- 1987
RAINHA DA SUCATA – 1990
HISTÓRIA DE AMOR- 1995
POR AMOR- 1997
DESEJOS DE MULHER- 2001/2002
KUBANAKAN – ( PARTICIPAÇÃOESPECIAL) – 2003
PAGINAS DA VIDA – ESTRÉIA /JULHO DE 2006
O ASTRO – 2011
IMPÉRIO (PARTICIPAÇÃO ESPECIAL) – 2014
SETE VIDAS – 2015
A LEI DO AMOR (PARTICIPAÇÃO ESPECIAL) – 2016

Minisséries

MALÚ MULHER- 1979/1980
JOANA -1983/ 1984
RETRATO DE MULHER – 1993
CHIQUINHA GONZAGA- 1998

Especiais para TV

A ESTRANHA- Janete Clair
DIBUK- Schanski
FELIZ ANO NOVO DE NOVO – Euclides Marinho
SÃO BERNARDO- Graciliano Ramos-1983

Show

ENCONTRO COM REGINA- 1974
REGINA MON AMOUR- 1972

Direção

A CARTOMANTE- Machado de Assis- 1973
O FRUTO VERDE- Alcides Nogueira
S.O.S SOLIDÃO – Caio Fernandes Abreu
COBRA CEGA – Regina Duarte

Cinema

LANCE MAIOR- Silvio Back
A COMPADECIDA – Jorge Jonas
CHÃO BRUTO – Dionisio Azevedo
DANIEL, O CAPANGA DE DEUS
PARADA 88 – José de Anchieta
El Hombre del Subsuelo – Argentina- 1981
O CANGACEIRO TRAPALHÃO- Daniel Filho – 1982
ALÉM DA PAIXÃO- Bruno Barreto- 1984 GATA VELHA AINDA MIA – Rafael Primot – 2012

Rádio

MULHER É MELHOR- Gravado e distribuído para 150 cidades do Brasil

Prêmios

1961 – Prêmio Governador do Estado – Atriz Revelação
1963 – Prêmio Paschoal Carlos Magno / Festival de Teatro
Amador – Atriz Coadjuvante
1965 – Prêmio Governador do Estado – Atriz Coadjuvante
1967 – Prêmio da Associação de Críticos- Atriz Coadjuvante
1967 – Prêmio Roquete Pinto- TV- Melhor Atriz
1968 – Troféu Imprensa – TV- Melhor Atriz
1974 – Troféu Imprensa – TV- Melhor Atriz
1981 – Prague D’OR –Tchecoslováquia- Melhor Atriz/Malú Mulher
1984 – Troféu Girassol – Cuba – Atriz mais Popular
1986 – Troféu Imprensa – Melhor Atriz
1995 – Prêmio Iris – Uruguai -Melhor atriz estrangeira- Por Amor
1997 – Troféu Contigo – Melhor Atriz
2000 – Premiação Criança /Classe Artística / Prêmio Responsabilidade Social
2001 – Madrinha do Ano Internacional do Voluntariado
2001- 2ª Semana da Alfabetização – Setembro de 2001/Madrinha da Campanha Adote um Aluno 2011- Troféu Mário Lago

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura