Audiovisual

Secretário especial da Cultura lidera missão do audiovisual brasileiro nos Estados Unidos

Henrique Pires participará do Seminário Produzindo Cinema e TV no Brasil e nos Estados Unidos, promovido pela Câmara de Comércio Brasil-Califórnia, e visitará estúdios e produtoras norte-americanas

publicado: 11/06/2019 17h55,
última modificação: 12/06/2019 15h17
“Com a viagem, nós esperamos nos aproximar dos grandes players do mercado dos Estados Unidos e, com isso, trazer parcerias, intercâmbio de conhecimentos e, por que não, investimentos para o audiovisual brasileiro”, destaca o secretário Henrique Pires (Foto: Mauro Vieira/Ministério da Cidadania)

O secretário especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Pires, viajou esta semana para Los Angeles, nos Estados Unidos, em busca de parcerias para fortalecer a indústria audiovisual brasileira. A agenda, de terça a quinta, será intensa e inclui reuniões com executivos de empresas de conteúdo para cinema e TV e representantes de grandes estúdios, além de visitas às sedes da Warner e da Disney.

Para o secretário, a viagem é uma oportunidade para tratar de temas relevantes para o audiovisual brasileiro, como as políticas de fomento nacionais, o processo de regulação do vídeo sob demanda (VOD) e do setor de games e ações de combate à pirataria no meio digital. “Com a viagem, nós esperamos nos aproximar dos grandes players do mercado dos Estados Unidos e, com isso, trazer parcerias, intercâmbio de conhecimentos e, por que não, investimentos para o audiovisual brasileiro”, destaca Henrique Pires.

A agenda tem início nesta terça-feira, com reunião com executivos da Wise Entertainment, um estúdio independente que produz conteúdo para cinema e TV, e da Endeavor Content, especializada em financiamento, vendas e assessoria para séries de televisão, documentários e longas-metragens. À noite, a comitiva participará de uma recepção oferecida pela consulesa-geral do Brasil em Los Angeles, Márcia Loureiro.

A quarta-feira começa com um café da manhã de trabalho com executivos da Motion Pictures Association (MPA), que atua em favor das indústrias cinematográfica, televisiva e de distribuição de vídeo nos Estados Unidos. A MPA representa grandes estúdios de Hollywood, tendo como associados Walt Disney, Netflix, Paramount, Sony Entertainment, Universal Studios e Warner Bros. Ainda pela manhã, está marcada uma visita aos estúdios Disney.

“Essas visitas são importantes até para que se possa conhecer a realidade deste setor lá nos Estados Unidos. O Brasil é um grande consumidor de audiovisual norte-americano e é natural que eles queiram que a gente conheça o lugar em que suas produções são feitas”, destaca o secretário.

Jogos eletrônicos

Na tarde da quarta-feira, a comitiva visitará a E3 – Electronic Entertainment Expo, principal evento do mundo para jogos de computador, videogames e produtos relacionados, no Los Angeles Convention Center. Durante três dias de duração, a feira reúne os maiores talentos da indústria de videogames, servindo como um espaço para network das iniciativas mais inovadoras desse setor.

Na sexta pela manhã, a comitiva participará do seminário “Produzindo cinema e TV no Brasil e nos Estados Unidos”, promovido pela Câmara de Comércio Brasil-Califórnia (BCCC). Fundada em 1996, a BCCC é uma organização sem fins lucrativos cujo objetivo é promover a integração de negócios entre o Brasil e o estado da Califórnia. Para Andressa Papas, diretora de Relações Governamentais da MPA no Brasil, a presença de autoridades federais brasileiras no evento aumenta a visibilidade do audiovisual brasileiro junto aos produtores de Holywood. Encerrando a agenda, estão programadas para a tarde do dia 13 reunião com executivos da Netflix e visita aos estúdios da Warner.

Também integram a comitiva brasileira o diretor-presidente da Agência Brasileira de Cinema (Ancine), Christian de Castro; a assessora especial de Assuntos Internacionais do Ministério da Cidadania, Carla Barroso; o assessor internacional da Ancine, Adam Jayme Muniz; o secretário de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, Sérgio Sá Leitão; os secretários da Cultura, Adão Cândido, e de Projetos Especiais, Everardo Gueiros, do Governo do Distrito Federal (GDF) e a subsecretária de Economia Criativa, Erica Lewis, também do GDF.

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura
Ministério da Cidadania